Archive for outubro \24\UTC 2009

h1

Participe do nosso Banco de Inspiração

outubro 24, 2009

Um grupo de arquivos interessantes e criativos selecionados para um banco de imagem/inspiração. Compartilhe você também, coloque em seu twitter #cruassado ao ver um link interessante de um video, imagem ou algum fato. [comente neste post para participar e receber deliciosas fontes cruassantes em seu e-mail]

Cruassinado por Whyfred

Anúncios
h1

Porque a Pixar é uma empresa violenta e merece estar na cadeia.

outubro 20, 2009

Ok, estamos baixando o nível de novo só para conseguir sua audiência?

Sim.

Contudo, de fato temos um recente e seríssimo vídeo realizado por estudantes norte-americanos comprometidos com a verdade e a justiça social, que nos mostra a Pixar  muito além do que  aquela  carismática luminária que estamos tão acostumados a ver.

Segue o vídeo

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Cruassinado por Tárik Frank.

h1

Esqueletos dançantes vão por seu esqueleto para dançar.

outubro 20, 2009

Post Recomendadíssimo direto do nossos amigos da Kasa do João.

Uma banda bem estilo “Dj Club/Mudernos from Augusta” (Se você for um, você vai entender )  é o pessoal doFriendly Fires.

Esses moços  tem lançando um clipe mais legal que o outro nesse ano de de 2009 .

Sucessos  que tocariam  fácil do Outs à Vila Olímpia.

Seu último clipe é da música Kiss of Life que explora bem, vamos dizer,a “simpatia”do vocal com uma certa guinga brasileira  para agradar o público feminino.

Se quiserem conferir cliquem aqui.

Contudo, nos queriamos mostrar outro trabalho, ainda desse ano,  com uma temática mais engraçadinha e bem descontraída que segue a  clipe da música Skeleton Boy .

Chama atenção pela ótima sacada do clipe uma ideia relativamente simples, que da vontade de rir e de dançar. Não sei se espalhou pela web, mas tinha muito potencial.

Cruassinado por  Tárik Frank

h1

Libirinto

outubro 19, 2009

Segundo wikipedia: “Palavra-valise ou portmanteau é um termo na lingüística que se refere a uma palavra ou morfema que faz uma fusão de duas palavras, geralmente uma perdendo a parte final e a outra perdendo a parte inicial. Frequentemente estas palavras são neologismos. Alguns exemplos incluem: bit (binary + digit), motel (motor + hotel), portunhol (português + espanhol), etc.”

Em Libirinto, percebe-se um portmanteau que se utiliza das palavras Labirinto (além de ser, um ossinho localizado no nosso ouvido) e libido.

Vale a pena dar uma olhada no video. Detalhe para os efeitos sonoros e para o découpage.

O video saiu desse poema aqui, ambos do meu caro amigo Subaco.

“Ela ficava com os rapazes aas vezes.
E foi um deles que descobriu,
bem por acaso,
que ela tinha um tesão loco
nos buraco dos ouvido

Un foi contano po oto
Un foi contano po oto
“Posso te contar um segredo?”
“Que segredo?”

e ela começou a cair sempre na mesma armadilha.”

Cruassinado: Veni S.

h1

Desculpe-nos pelo transtorno, publicitário em desconstrução.

outubro 17, 2009

Criou daquela vez como se fosse a última.
Fez cada job seu como se fosse o único.
Pensou o dia inteiro e ficou o máximo.
Mandou pro atendimento num e-mail tímido.

Teve que refazer como se fosse máquina.
A campanha reprovada com argumentos sórdidos.
Criou mais uma vez outros roteiros mágicos.
Esperou aprovação como se fosse lógico.

O cliente não gostou e aconteceu o trágico:
pediu pra refazer como se fosse um príncipe.
Tentou reagir mas se sentiu estático.
Pensou mais uma vez no concurso público.

E virou a noite inteira parecendo um bêbado.
Comeu pizza de novo e ficou mais flácido.
Bebeu a noite inteira cafezinhos básicos.
Saiu de manhazinha se sentindo estúpido.
E ainda teve que voltar pra terminar no sábado.

Tal letra é uma paródia do grande clássico do Chico Buarque, Construção.

(Clipe não oficial)

Essa música e essa letra são tão absurdamentes  boas que  sempre me dão arrepios !


Esse texto foi escrito pelo senhor Fellipe Figueiroa.

Blog: Tentando entender o mundo. Vale muitas visitas!

Cruassinado por Tárik Frank

h1

Bem vestido e com dindin no bolso

outubro 14, 2009

Coça a mão, coça a mão. Quer din din no bolso? Quer gastar também? Contradição, digo: jamais. Conto um conto, e o ponto que espero aumentar deixo uma boa indicação: faça estampas para camiseterias, compre camisetas em camiseterias. Ganhe e gaste, ou só ganhe dinheiro, ou só gaste também. Indico e por que? Olha quanta criatividade numa estampa, feita por pessoas como “você”.

Diabaquatro

Picture 35

Treeshirts (novíssimo pelo Estúdio Árvore)

Picture 30

Camiseteria

Picture 32

Picture 33

Picture 31

Cruassinado por Whyfred

h1

Pequeno no grande Pixel Show

outubro 12, 2009

Vou fazer as medidas, pegar a régua… Aaa, mas eu só vou descobrir que o céu não tem limites, e que as medidas é mera limitação. No último dia do Pixel Show, vi que com 20 anos é possível fazer muita coisa no Design e na Criação. Não estou falando sobre eu, mas sobre o Nelson Balaban, que tão novo já carrega clientes como Coca-cola, Adidas, Lobo, Nike, FX e Boticário. Não, ele não fez nenhum curso acadêmico. E me aparece outro palestrante, o Sesper, bem despreocupado com as “réguas” limitadoras, fazia ilustrações e cartazes pelas ruas, reciclando adesivos de caixas, e com um apoio inesperado “O dia mais inesquecível da minha vida foi quando meu pai perguntou porque eu saia colando cartazes nas ruas… E quando vi ele me levou de carro a alguns lugares para fazer o tal.”

E digo mais, até mesmo um dos integrantes do Estúdio Árvore, estranhamente “formado” em Medicina, nos mostra coisas fabulosas feitas para o mundo Press e Moda, como exemplo, todo o visual do último São Paulo Fashion Week, e o lançamento de uma camiseteria que merece um post temático aqui. Opiniram com maestria sobre a busca de um estágio: Portifólio é coisa do passado, é melhor estar intimamente ligado ao dia-a-dia do candidato. Enfim, ver o que escreve no twitter e nos blogs, comunidades no facebook, música que escuta e o Sketch Book (caderno de rascunhos de desenhos e ideias), “Portifolio é muito elaborado” e de fato, o Coletivo Musa, com motiongraphics fascinantes e o sotaque “fast-lisboa-style”, fecharam essa ideia com o que digamos: making… Erros (fazendo… erros), como já dizia: melhor errar tentando.

Tivemos mais Live Paint, sorteios e um dos workshops sobre stencil com o Tatu, idealizador do TV Kills. E vou contar, se ali eu pude ver a criatividade fora de limite que sonhei um dia, estava com o Martini, chefe diretor da qualificada “vira-latas” do novo formato de publicidade: Cubo CC. Eles tem uma metodologia de trabalho muito interessante, ou seja, “Whaterver”. Uma prova disso, uma das últimas campanhas para o AXE, onde promoviam a adrenalina fazendo corrida de kart com design de “carrinho de supermercado”, fizeram jogo para a web, e como não tinha nenhum engenheiro no grupo, no momento “Whatever”, buscaram por alguém que pudesse aplicar a ideia na realidade, ou seja, além de game, virou corrida de kart-carrinho-de-supermercado. Brega? Não. Genial! (uma prova? Clique aqui, acesse e assista aos videos abaixo)

Do Pixel Show 2009 em SP eu só posso dizer: o tão grande, fabuloso e magnífico que vi, é o mais próximo do pequeno que sou hoje.

Cruassinado por Whyfred